Calendário de vacinação


As vacinas são indispensáveis para o crescimento saudável da criança. Elas são substâncias compostas por proteínas, toxinas, vírus ou bactérias mortas ou atenuadas que, ao serem introduzidas do corpo geram uma reação do sistema imunológico semelhante à que ocorreria caso a doença realmente nos atingisse, provocando assim uma produção de anticorpos que fortalecem o organismo, tornando ele mais resistente ao agente desencadeia a doença.

A vacinação da criança é anotada no seu cartão de vacinação, e quando ela recebe a aplicação em seu organismo, ocorre a desenvolvimento das células B ou T de memória e a produzção de  imunoglobulinas (G, A, IgG ou IGA), que farão o corpinho dela responder muito mais rápido contra microorganismos. Nesse processo, ela ficará fortalecida e livre de futuros problemas relacionados às principais doenças comuns durante a sua idade de desenvolvimento.

Esquema vacinal

Ao nascer:

  • BCG (dose única);
  • vacina contra hepatite B (1ª dose).

1º mês:

  • vacina contra hepatite B (2ª dose).

2º mês:

  • vacina contra Poliomelite (Sabin) (1ª dose oral);
  • vacina contra DTP (Tríplice bacteriana) (1ª dose – Difteria);
  • vacina contra Haemophilus influenze do tipo B, mais conhecida como Hib (1ª dose).

4º mês:

  • vacina contra Poliomelite (Sabin) (2ª dose);
  • vacina contra DTP (Tríplice bacteriana) (2ª dose);
  • Hib (2ª dose).

6º mês:

  • vacina contra Poliomelite (VOP) (dose oral);
  • DTP (Tríplice Bacteriana);
  • Hib (contra Haemophilus influenzae tipo B);
  • vacina contra Hepatite B.  (3ª dose).

9º mês:

  • vacina contra febre amarela (dose inicial).

12 meses:

  • vacina tríplice viral (SRC) (dose única).

15 meses:

  • vacina contra Poliomelite (reforço da dose oral);
  • DTP (tríplice bacteriana) (reforço).

De 4 a 6 aninhos:

  • DTP (2º reforço);
  • SRC (tríplice viral) (reforço).

10 aninhos:

  • reforço da vacina contra a febre amarela.

Atenção

Em 2010, o Ministério da Saúde incluiu duas vacinas no calendário de vacinação, são elas:

  • pneumocócica 10 valente (três doses mais um reforço no primeiro aninho de vida do seu bebê);
  • anti-meningococo C (duas doses mais um reforço no primeiro aninho de vida).