Bebês e alergias

jul 29, 2013 by

alergia

A alergia acontece quando o sistema imunológico reage a uma substância reconhecida pelo corpo como estranha ou perigosa, mesmo não sendo. Essa substância é denominada de alérgeno. Os alérgenos podem induzir uma reação de hipersensibilidade em pessoas suscetíveis.  É como se o sistema imunológico do bebê detectasse o alérgeno como uma ameaça e tentasse produzir anticorpos.

Depois de identificar o alérgeno, as células do corpo liberam histamina, trazendo os sintomas de uma reação alérgica.

Durante a reação alérgica, o bebê pode ter:

  • contrações de vias aéreas
  • dilatação de vasos sanguíneos
  • aumento de temperatura
  • aumento da secreção nasal
  • coceira nos olhos, nariz e boca
  • erupção cutânea (manchas vermelhas ou urticária)
  • lábios e olhos inchados
  • olho, nariz e garganta avermelhados

Essas reações geralmente ocorrem após alguns minutos em contato com a substância.

As alergias são mais comuns do que imaginamos. Por incrível que pareça, as alergias podem ser herdadas por fatores genéticos, ou seja, de alguém da família, mas podem também ser desenvolvidas em qualquer idade.

O ambiente onde o bebê se encontra pode ser propício ao desenvolvimento de alergias. O primeiro passo é identificar os agentes que causam as reações.

Como saber se seu filho tem alergia a alguma substância?

Existem médicos especializados no assunto. Levar seu filho ao alergista para uma consulta seria essencial, pois ele poderá identificar a causa da alergia fazendo um teste alérgico, além de passar o tratamento apropriado para seu filho.

O teste é simples, são colocadas substâncias na pele e caso surja algum edema ou inchaço na região, é porque o corpo apresenta alergia à substância.

Os alérgenos mais comuns

Ácaros: são seres minúsculos e não podem ser vistos a olho nu. Alimentam-se de restos de comida, da descamação da pele, de fungos e mofos.  A reprodução desses artrópodes ocorrem com muita facilidade, necessitando apenas de calor e umidade. Tome cuidado com tapetes, carpetes, colchões, sofás, almofadas, bonecos de pelúcia e roupas, porque são verdadeiras casas para os ácaros. A maioria dos problemas respiratórios são causados por eles. A picada do ácaro também pode causar alergia, embora seja de rara ocorrência. Você pode evitar os ácaros colocando capas antiácaros nos travesseiros, almofadas e colchões e retirando o excesso de brinquedo do quarto. Evite também o mofo em paredes e armários e mantenha o quarto arejado.

Animais: os pelos e penas de animais podem dar alergia, principalmente com o constante contato com os mesmos dentro de casa.

Roupas guardadas por muito tempo também podem causar alergias, pois acumulam poeiras ou mofos.

Existem plantas que causam reação alérgica, são elas: azevém; eucaliptos; acácias; ciprestes; plátanos entre outros.

Brinquedos: evite deixar brinquedos de pano ou pelúcia perto de seu bebê.

Mofo: tome cuidado com os fungos. Existem formas seguras de combate-los. Passe vinagre no local com uma escova de dentes velha, deixe agir por algumas horas e depois lave com água e sabão.

Ventiladores: os ventiladores devem ser limpos periodicamente. É muito comum que eles acumulem poeira nas pás.

Ar condicionados: seus filtros devem ser trocados ou limpos constantemente.

Alimentos: tome cuidado com trigo, ovo, soja, leite, castanha e frutos do mar.

Se  a criança for alérgica a poeira, o quarto dela precisa permanecer limpo. E retire do chão carpetes ou tapetes.

-

Fonte da imagem

www.buzzle.com/articles/is-your-baby-allergic-to-formula.html

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Related Posts

Tags

Share This

468 ad

Deixe um Comentário