Resfriado em crianças: sintomas, transmissão, prevenção e tratamento

maio 29, 2011 by

 

Resfriado

É a infecção das vias aéreas superiores, causada geralmente pelos vírus, Rhinovírus e seus subtipos ou coronavirus. É menos agressivo que a gripe.

Modo de transmissão

É transmitido, quando uma pessoa infectada pelo vírus entra em contato com outras pessoas não infectadas, através do: bocejo da pessoa infectada, na fala da pessoa infectada, quando a pessoa infectada tosse ou espirra.

Os bebês são mais vulneráveis a se infectarem, pois o sistema imunológico (defesa do organismo), está  começando a “amadurecer”.

Sintomas

Surge de 1 a 3 dias, após o contato com a pessoa resfriada e o sintomas podem durar até 1 semana.

Podem se manifestar como irritações na garganta ou nariz; coriza nasal (secreção no nariz como água nos primeiros dias, tornando-se espessada e amarelada mais adiante); obstrução nasal, dificultando a respiração, espirros e tosse; diminuição do olfato (capacidade de sentir o cheiro) e gustação (capacidade de sentir o gosto); rouquidão; voz anasalada; febre podendo ser alta; irritação; falta de apetite; diminuição das mamadas; olhos vermelhos.

Como prevenir o resfriado

Evitar locais fechados e sem a circulação de ar;

Lavar sempre as mãos com sabonete antes de pegar a criança;

Dar bastante sucos, frutas e água;

Manter as narinas umidificadas, pingando gotas de soro fisiológico;

Evitar contato com pessoas que fumam;

Tentar evitar o contato da criança com pessoas resfriadas.

Como tratar

Se a criança estiver com febre, pode ser dado antitérmico ou dar banho para que a febre abaixe.

Caso a criança apresente congestão nasal, deverá ser feito uso de soro fisiológico. Podendo ser usado meio conta-gota em cada narina.

Deixar a criança dormir com a cabeçinha elevada, coloque uma toalha no berço. Essa posição ajuda a melhorar a congestão nasal

Estimule-o a beber bastante líquidos, comer frutas e mantê-lo hidratado.

É importante tratar bem resfriados, evitando com que ele evolua para outras complicações.

Sempre é bom manter o acompanhamento pediátrico de seu filho.

Fonte da imagem: http://www.babycaredaily.com/tag/flu/

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Related Posts

Tags

Share This

468 ad

Deixe um Comentário