Como tratar alergia à picada de inseto

jul 30, 2011 by

A alergia a picada de inseto é conhecida como estrófulo pelo médico. Cada lesão pode representar uma picada  ou as lesões podem aparecer distante do lugar da picada.

O quadro parece estar relacionado às alterações na imunidade, tendo que existir uma predisposição a picadas de insetos.

É comum acontecer no 1º ou 2º ano de vida da criança, tendendo a regredir ao longo dos anos. Acomete mais o rosto, tronco, braços e pernas.

As lesões na pele são arredondadas, avermelhadas, firmes, podendo surgir uma bolinha no centro. A coceira é muito forte.

TRATAMENTO

  • Em geral, são usados medicamentos locais, principalmente para aliviar a coceira. Às vezes são necessárias medicações mais fortes por via oral em quadros mais severos . Pode ser feito na criança banho com permanganato de potássio e uso de anti-histamínico.
  • Deve-se cortar a unha da criança, para tentar evitar com que ela fique coçando, pois através da coçadura a criança pode inocular bactérias na ferida.
  • Evitar as picadas de inseto, usar repelentes, colocar telas nas janelas, fazer a extinção de focos de depósitos de água parada.
  • Aplicar inseticidas nos ralos
  • Afastar animais domésticos. Não sendo possível, mantê-los livres de pulgas.
  •  Evitar fatores que atraem insetos, como perfumes, loções ou óleos perfumados.
  • Usar roupas claras. Evitar cores vivas em passeios ao ar livre.
  • Também pode ser tentanda uma dessensibilização da criança com o uso de vacinas dos insetos mais comunmente envolvidos na causa do prurido estrófulo.
     

     

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Related Posts

Tags

Share This

468 ad

Deixe um Comentário